A regra das três caixas que vai ajudar a desentulhar a sua vida

A regra das três caixas que vai ajudar a desentulhar a sua vida

Querido leitor,

Se você é uma pessoa completamente bagunceira como eu já fui um dia – até uns dois meses atrás a coisa era digna da fanpage Imagens de Dor e Sofrimento – com certeza você tem aqueles surtos em que você levanta um sábado de manhã falando que vai acertar a sua vida, que vai ser tudo diferente e que finalmente as coisas vão mudar dentro de você e da sua casa, que toda aquela zona maldita que está ao seu redor vai embora como quem mata um dragão num conto de fadas.

No entanto, meu caro sofredor, eu já vou te adiantando que bagunça não é uma coisa que se constrói em apenas um dia. Você provavelmente está cultivando essa colonia de monstros dentro da sua casas há meses ou anos. O que te leva a acreditar que vai ser simples resolver o caos que você mesmo construiu com tanto carinho durante tanto tempo em apenas algumas horas? Não é assim que a coisa funciona.

Aí você chegou aqui nesse parágrafo me xingando e dizendo “Como assim? Essa filha da mãe tirou toda a minha quase inexistente motivação! E agora?!”

CALMA. Vai dar tudo certo.

11034254_451255425022922_3833971295003554705_n
Fonte: Imagens de Dor e Sofrimento

O grande segredo é fazer uma coisa de cada vez, com calma e critérios. Vou dar um exemplo. O seu quarto é uma completa zona, tudo está bagunçado por dentro do guarda roupa e ás vistas. Mesmo se você socar tudo dentro dos armários, vai tudo continuar uma zona e logo menos você já vai ter perdido todo o controle de novo, afinal de contas quando você precisar de algo você nunca vai encontrar e vai acabar arrancando tudo pra fora.

Tudo pode te irritar nesse momento, mas se quiser resolver de verdade alguma coisa escolha um assunto de cada vez. Você pode escolher os seus livros, as suas roupas ou então alguma gaveta que está completamente desorganizada. Escolhendo um foco você consegue resolver uma parte do problema e perceber outras soluções de outros dilemas de organização.

A regra das três caixas.

Esse é um método muito usado pelas personal organizers da vida e é muito simples de fazer. Pegue três caixas de papelão, cestos ou qualquer coisa que sirva para enfiar outras coisas dentro e coloque na sua frente. Nomeie mentalmente as três da seguinte maneira:

regra tres caixas nomes-01
Caixa Vermelha, Caixa Amarela e Caixa Verde.

Tal qual um farol, o conceito aqui é saber quais daqueles itens ficam ou vão embora. Vermelho para o que não serve mais, Amarelo para aquilo que é necessário dar atenção e Verde passe livre para continuar a fazer parte da sua vida.

Beleza, vamos supor que você escolheu o assunto “Roupas”. Agora pegue três caixas.

A caixa vermelha

caixa vermelha-01A primeira caixa é a caixa das roupas que você vai jogar fora. Aquelas que estão estragadas ao ponto de sequer dar mais para usar e nem consertar. Geralmente aqui ficam as calcinhas, sutiãs, cuecas, meias que estão muito mais do que batidas. Também aquela sua camiseta mais surrada que a cara do Super Homem em o Cavaleiro das Trevas que não tem mais condições de uso cabe aqui. Tem um critério muito bom pra você usar: se você usar essa peça de roupa na rua vão achar que você está dormindo ao relento a no mínimo uma semana? Jogue fora.

A caixa amarela

caixa amarela-01A segunda caixa é uma caixa intermediária: aqui você vai colocar peças que ainda podem ser usadas, mas você não usa mais, não quer mais ou precisam de reparos.

Essa é a melhor caixa de todas pois aqui você vai selecionar um monte de roupas que vão ajudar pessoas que precisam delas muito mais do que você. Sempre tem algum lugar perto da sua casa que recebe esse tipo item para ajudar pessoas carentes e desabrigados. Mas, se você preferir, é possível vender essas peças de roupa se forem novas ou semi novas e forem de um valor mais alto. O Enjoei é uma boa opção e uma ótima vitrine.

Aqui também devem ir aquelas roupas que você precisa colocar um botão de volta, aquelas calças que você precisa mandar fazer a barra – eu, sempre devido a baixa estatura e quadril largo – ajustes de tamanho e etc. São coisas que você quer usar mas precisam de um reparo simples.

Outra coisa que eu colocaria nessa caixa são as peças de roupa sentimentais. São roupas que a gente não quer se desfazer de jeito nenhum mas tem um carinho grande por lembrar de algum momento especial. Vestidos de festa são um ótimo exemplo. Talvez o melhor lugar dessas roupas não seja junto às de uso do dia a dia, né?

A caixa verde

caixa verde-01Aqui você pode colocar todas as peças de roupa que você tem certeza que ainda vai usar. Simples assim. Ás vezes é meio difícil diferenciar se devemos doar ou continuar com a peça, mas se você não usou a roupa por no máximo 6 meses dificilmente vai usar de novo. Aí o que acontece? Vira tralha no meio do caminho e tira seu espaço pra guardar coisas que realmente interessam. Vale muito a pena ser criterioso aqui pois a vida fica mais prática.

Selecionar é praticar a leveza

A partir do momento que são selecionadas as coisas que realmente são importantes fica mais fácil pra você perceber que tem um monte de coisa na sua casa que você não precisa ou que não serve mais. É muito mais simples arrumar um lugar com poucos itens, e é aqui que mora o princípio da organização. Ser seletivo aumenta a sua qualidade de vida, tanto na praticidade quanto financeiramente.

Nos próximos posts eu falo mais sobre as minhas experiências e pensamentos quando essa fase aconteceu nas minhas coisas. Mas aproveite a dica e comece hoje fazendo isso em uma gaveta abarrotada de coisas que você nem sabe o que são aí na sua casa 😉

É isso gente! Espero que vocês tenham curtido.

Não se esqueça de dar like na fanpage do blog pra você não perder nenhuma novidade. Nunca te pedi nada, é só um clique, vai?

Comentários


0 thoughts on “A regra das três caixas que vai ajudar a desentulhar a sua vida”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *