We Are The Fallen lança o clipe de Bury me Alive

We Are The Fallen lança o clipe de Bury me Alive

Milhares de anos depois de lançar o single, finalmente a banda We Are The Fallen, que é formada pelos ex-membros do Evanescence + Carly Smithson (ex-American Idol), estreou o clipe de Bury Me Alive numa première exclusiva na Aol.com

Veja o clipe, amiguinho:

Como você pode perceber, o clipe é uma tradução quase literal da música. Uma moça é velada e acorda dentro do caixão, logo o clipe todo mostra a agonia de ser enterrado vivo. A sacada fica pro final, quando nota-se que a moça que está com o rosto coberto é a mesma do caixão. Ficou bem nítido que é como enterrar a parte boa de você mesmo. Se não fosse a bela fotografia e os interessantíssimos enquadramentos e travelings, teria potencial pra ser meio cafona.

Essa moça loirinha é a mesma atriz que fez a Goldie de Sin City, a Lorelei de The Spirit, estava em Fanboy, Pearl Harbor. Ela não atuou somente no clipe, como trabalhou na produção e na direção e na concepção da idéia. Um multitalento.

As cenas da banda, que passam paralelamente com as cenas do velório / enterro são muito bonitas. A Carly Smithson tem uma ótima presença, bate cabelo e lembra a vocalista do Lacuna Coil (Cristina Sccabbia) as vezes, bem mais do que a Amy Lee. Sem falar na banda, que finalmente aparece nos clipes com closes e performance solo (isso não acontecia no Evanescence). O cenário, que é uma camara funerária, uma cripta, sei lá, deixou o clipe todo muit tr00, trevoso e gótico. Eu gosto demais disso HAHAHAHA. Mas ao mesmo tempo ficou bem luxuoso, pois o lugar é LINDO.

Mas acho que gostei principalmente do clipe por ser de baixo orçamento: olhem os figurinos e os cenários. A pós produção também ajudou, mas definitivamente não parece que foi feito com poucas provisões. Eu ainda gostaria de saber quanto foi o valor da produção, se alguém souber…

A banda também fez o primeiro show essa semana em Londres, mas parece que não há muitos vídeos de boa qualidade por aí pra vermos se as músicas são boas. Aguardemos.

Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *