Tron Legacy – O Legado HighTech dos Anos 80

Cinema
tron legacy logo

Ultimamente o cinema anda sobrecarregado de falta de criatividade: adaptações de livros, quadrinhos, remakes. Não que a gente acha ruim ter uma adaptação de qualquer história que foi publicada em outra mídia, muito pelo contrário, mas eu sinto falta de coisas originais no cinema, criadas somente para ele.

E não é que Disney resolveu isso de uma forma genial? Em vez de ser um remake do primeiro filme que foi lançado nos anos 80 (o Tron mesmo), Tron Legacy é uma continuação. Ok, não é basicamente inédito, mas é muito bom por continuar e reviver um filme que foi hightech em seus dias, da forma mais moderna possível nos dias. A vontade de inovar é indiscutível.

Primeiro, veja o trailer do filme original:

E agora, o trailer da continuação:

Como vocês puderam perceber, no primeiro filme um programador chamado Kevin Flynn entra físicamente mundo virtual ao tentar provar que foi sacaneado pelo seu ex chefe. Lá dentro do cybermundo ele se junta a outros personagens chamados de Gladiadores, e tem que lutar pela sua sobrevivencia fugindo do programa de segurança que se chama Tron. Ou seja: ele virou um Trojan. (oi?)

Tron Legacy vai contar a história 25 anos depois, quando o filho de Kevin Flynn quer desvendar o sumiço do pai e acaba sendo engolido pelo mundo virtual. Ambos vão continuar a juntos a saga do pai, só que dessa vez de forma muito mais perigosa. Interessante mesmo é saber que o Kevin Flynn será interpretado pelo mesmo ator do filme original, Jeff Bridges.

A dupla francesa Daft Punk fará a trilha sonora do filme inteira. Acho muito adequado, é uma soma incrível de elementos eletronicos ao filme e vai atrair muito público ao filme, não poderia ser melhor. Clique aqui e ouça o tema principal do filme

tron-legacy-filme
Sinceramente? Nós temos já já a estréia de Avatar, que será a semana que vem e que tem causado um grande alvoroço, principalmente pelos elogios rasgados da crítica que já viu o filme. Entenda melhor o que quero dizer nest post. Entretanto, Tron me empolgou muito mais pelo conceito visual que Avatar, então eu acredito que será uma abordagem visual realmente inovadora no mundo do cinema. E olha que a princípio a Disney não botou fé, precisou sair aquele trailer humilde ali em cima pra convence-los.

Estou postando isso um ano antes da estréia, vou ali tomar um calmante e já volto.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *