Começando um blog sobre organização de maneira caótica

Autora, Blog
paredes imaginárias - post estréia

Oi gente, beleza?

Meu nome é Larissa, tenho 27 anos. Sou publicitária e pós graduada em gestão do design. Trabalhei como designer durante muitos anos e hoje faço parte da equipe de marketing de uma autarquia pública de saneamento aqui na minha cidade. Nas horas vagas eu amo escrever e me expressar nos mais variados sentidos, seja escrevendo textos sobre cultura não tão pop no Contraversão ou aprendendo a criar roteiros de histórias em quadrinhos e literatura fantástica. Sou uma pessoa completamente apaixonada por cultura pop, música pesada – adoro um bom show pra ficar batendo cabeça – e por viagens. Atualmente tenho aprendido a meditar e expandido os meus limites a respeito de religiões, dogmas e consciência espiritual.

11781899_1473520449631217_1354305340288877441_n

No meio desse embalo eu comecei uma onda forte de ultra organização. Parece que essa coisa de se organizar tem a ver com superar problemas emocionais e de fato eu tenho evoluído muito junto com a terapia. Organização na verdade é um grande reflexo de como está a sua mente e a minha parece estar indo para o lugar certo.

Durante a minha vida inteira eu fui uma bagunceira incorrigível. Sem planejamento e sem muito amor próprio pelo meio em que eu vivia, eu sempre estive no meio do mais absoluto caos achando que estava tudo bem. Eu me incomodava demais com isso, mas não tinha forças pra lutar contra. Felizmente no momento eu tenho quase certeza que essa é uma fase superada, especialmente por descobrir que ser organizado facilita demais a vida.

Lidando com as tretas dos desafios.

Mas nem tudo são flores: apesar de ter aprendido muito e realizado muitas coisas ainda tenho muita dificuldade de planejar projetos que dependam apenas de mim. Eu quero fazer tanto, o tempo todo, que acabo me perdendo na minha própria ambição nas metas. Acabo que não faço nada. Planejei no dia anterior ao meu aniversário várias metas para o próximo ano e, veja bem, consegui tirar poucas ideias do armário nesse último mês.

Chegou a hora de quebrar as paredes imaginárias.

paredes imaginárias - post estréia
Eu amo essa cena em que o Wilson Fisk escolhe esse quadro na série do Demolidor.

O nome “Paredes Imaginárias” vem daquele tipo de trava comum que nós nos colocamos para não sair do lugar e ser escravo da própria mente. Quer coisa melhor do que derrubar esse Muro de Berlim que existe dentro do nosso próprio cérebro e descobrir que o mundo inteiro pode ser a sua casa, arrumada do jeitinho que você quiser?

A ideia desse blog é desabafar sobre a dificuldade do processo de se reinventar para viver a vida de uma maneira mais simples e efetiva e, claro, compartilhar com todos vocês as coisas positivas que eu conquistei nos últimos meses. Quero também trocar experiências com os leitores nos comentários, afinal aprender sempre será uma via de mão dupla e estou completamente disposta a continuar nessa linha de pensamento.

Seja bem vindo e sinta-se em casa 🙂

Comentários

0 thoughts on “Começando um blog sobre organização de maneira caótica

  1. Olá Larissa,

    Muito bacana seu texto, bacana ver compartilhado esse problema que é de todos, ainda mais quando se tem vontade de fazer muita coisa e por falta de organização geralmente não se faz nem uma.
    Meu maior problema sempre é o de lidar com a hora pós trabalho, que é quando me sinto cansado e penso somente em desligar e fico aleatoriamente em qualquer jogo online.

    Abraços e continue com pelo menos mais alguns textos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *